Objetivos

A principal área de pesquisa do CIAS é o estudo dos determinantes da saúde, doença e bem-estar nos seres humanos, tanto nas sociedades do passado quanto nas vivas, através de uma perspetiva biocultural, com forte ênfase nas circunstâncias culturais, históricas, sociais, familiares e político-económicas e a compreensão de nosso histórico evolutivo.

 

Os nossos projetos de pesquisa cobrem tópicos importantes, como:

  1. Estudo das origens do desenvolvimento humano de saúde e doença;
  2. Avaliação da prevalência de obesidade em crianças e adolescentes em relação aos comportamentos sedentários (assistir televisão, uso de internet) e aos padrões de atividade física;
  3. Exame das desigualdades sociais no crescimento e na saúde;
  4. Avaliação das tendências das desigualdades na saúde bucal infantil;
  5. Caracterizar a variação genética entre indivíduos e populações;
  6. Entender porque é que a incidência de doenças genéticas variam entre populações;
  7. Compreender os efeitos de doenças genéticas anteriores sobre os padrões modernos de variação genética;
  8. Comparar as populações mesolíticas e contemporâneas para revelar histórias de vida individuais e reconstruir a demografia do passado;
  9. Explorar a relevância dos restos mortais do esqueleto para o estudo das condições e do comportamento humano;
  10. Elaborar critérios para diagnóstico de sexo, idade e patologia (principalmente doenças infeciosas e neoplásicas, stress e comportamento alimentar) por meio de análise esquelética.