Análise paleobiológica dos restos humanos recuperados do Sítio LagoaCercada, Colônia do Gurgueia, Piauí

Os materiais biológicos que serão intervencionados no Laboratório de Arqueologia e Estudos de Tecnologia (LATEC) da Universidade Federal do Piauí (UFPI) consistem em remanescentes humanos e itens de cultura material que compunham parte do pacote funerário recuperados do Sítio Lagoa Cercada (Colônia do Gurguéia, Piauí) para o qual existe uma datação sobre carvão de 835-795 cal. BC (Beta 374430). Os materiais resultam de coleta em campo no ano de 2013 e estão armazenados no Núcleo de Antropologia Pré-histórica (NAP) da UFPI, órgão ao qual foram doados. Não houve trabalho bioarqueológico em campo e nem tratamento laboratorial até a presente intervenção, o que resultou em acondicionamento desfavorável dos materiais em papel alumínio. Os remanescentes humanos encontravam-se em diferentes graus de conservação, sendo observadas partes esqueletizadas, partes parcialmente mumificadas e fragmentos de tecidos moles
mumificados. Todos os métodos selecionados para o estudo bioarqueológico dependem exclusivamente de análise macroscópica (às vezes com auxílio de lupas manuais) e não implicam em procedimentos invasivos ou destrutivos, sendo altamente conservadores e
garantindo que este estudo não implique em danos aos materiais. Proceder-se-á aos seguintes passos: (1) limpeza dos remanescentes humanos e indústria que encontram-se envoltos em sedimento; (2) seguida pela análise paleobiológica do material; (3) estudo dos
materiais votivos que os acompanham, e (3) acondicionamento dos materiais em embalagens inertes.

Duration: 2019-2022

Coordinator (PI): Claudia Cunha (Universidade Federal do Piauí, Brazil; CIAS)

Participants: Tiago Tomé (Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brazil)

Funding: Universidade Federal do Piauí (UFPI), Piauí, Brasil. Protocolo:
23111.079787/2018-93. Registro: CCN-029-2019. Documento electónico:
https://ufpi.br/arquivos_download/arquivos/PROPESQ/2019-07-25_Projetos201920190725162918.pdf