Sarilhos Grandes entre dois mundos: o Oriente e o Ocidente

No dia 27 de outubro, às 15 horas, na Galeria Municipal do Montijo será apresentada uma conferência e inaugurada uma exposição sobre os 10 anos de investigação da Necrópole de Sarilhos Grandes.
O projeto Sarilhos Grandes foi iniciado em 2008, no âmbito de uma intervenção de salvaguarda de uma empreitada da SIMARSUL, empresa do Grupo Águas de Portugal, que conduziu à descoberta de 21 enterramentos dos séculos XV-XVII. Desde então uma equipa multidisciplinar tem realizado estudos com o objetivo de obter informações acerca da dieta e das doenças da população de Sarilhos Grandes.
A Conferência Sarilhos Grandes na Expansão Portuguesa e a exposição Sarilhos Grandes entre dois mundos: o Oriente e o Ocidente irão apresentar os resultados da investigação, de onde se destacam alguns parasitas relacionados com a ingestão de carnes e de águas contaminadas, o consumo de batata, centeio, trigo, feijão, grão-de-bico entre outros vegetais bem como de crustáceos. Alguns destes achados, bem como o fungo Candida albicans, foram pela primeira vez identificados no território nacional.

O evento conta com a participação de vários investigadores e membros do CIAS.

 

Sarilhos Grandes entre dois mundos: o Oriente e o Ocidente
Tagged on:             

Leave a Reply